martes, 8 de julio de 2014

Que onze iniciará a temporada?


Esta temporada é uma oportunidade para novas ideias e para a renovação do plantel, mas este processo deve ser gradual e já existe uma base e uma ideia de jogo mais ou menos definida há algum tempo. O 4-3-3 em ataque apoiado é o estilo que tem sido privilegiado nos últimos anos. Vai ao encontro da filosofia de jogo de Julen Lopetegui. 


FCPorto já vendeu o indiscutível Fernando. Os internacionais Mangala e Jackson - também eles indiscutíveis - estarão igualmente de saída. Como tal, é necessário reforçar essas posições e encontrar soluções para colmatar essas saídas. Neste momento, existem cerca de 15 jogadores que parecem estar na linha da frente para a titularidade nos primeiros jogos da época.

Em relação ao setor mais recuado, a baliza será entregue a Fabiano, nas laterais Danilo e Alex Sandro continuarão, a dúvida estará nos centrais. Essas duas posições estarão completamente em aberto. As duplas mais lógicas são Maicon-Reyes que se conhecem bem da época passada ou Rolando-Indi, uma dupla inédita mas muito experiente.

O meio campo está à espera de contratações de caraterísticas mais defensivas. Como elas ainda não surgiram, os centrocampistas mais recuados terão que ser forçosamente Defour e Herrera. Mais à frente, Josué e Quintero são os médios ofensivos que neste momento dão mais garantias.

Também o ataque está a precisar de um extremo e, a confirmar-se a saída do avançado colombiano, de um ponta de lança, visto que Kléber parece não contar. Como tal, Ricardo Quaresma e Ghilas são indiscutíveis no onze. A outra posição do ataque terá que passar por Varela e Ricardo.

Fabiano; 
Danilo, Maicon, Reyes, Alex Sandro; 
Defour, Herrera, Josué; 
Varela, Quaresma, Ghilas

Fabiano; 
Danilo, Rolando, Indi, Alex Sandro; 
Defour, Herrera, Quintero
Ricardo, Quaresma, Ghilas

No hay comentarios:

Publicar un comentario

Arquívo